sexta-feira, maio 18, 2007

Detalhes (como diria o Rei)

Então eu acordo às oito da manhã e passo o dia preenchendo planilhas do projeto que estou liderando, logo eu que só queria escrever boas histórias quando fui fazer jornalismo, às voltas com a avalanche de idiossincrasias do excel, e nem percebo que já escureceu lá fora, tenho de sair correndo para não perder a natação, onde descubro, ao chegar, que esqueci de levar os óculos, mas mesmo assim caio na piscina, e dois mil metros de braçadas depois chego em casa, sento no chão para retalhar a canga africana que vai servir de forro para os convites da festa, e quando meu indicador começa a reclamar da relação sufocante com o anel da tesoura, percebo que já é uma e meia da manhã, mas ela decide me contar sobre as aulas do curso de alimentação viva que está fazendo na PUC, onde ao final de cada aula ela tem de escrever sobre o dia, e hoje a professora devolveu os textos, porque o curso está no fim, quer que eu leia pra você?, por que não?, e ela então me sai com esta pérola, escrita na aula do dia 18 de abril:
- Agradeço ao aipim, ao pimentão, ao coentro, à salsa, à cebolinha, à lentilha, à pimenta, ao suco de limão e ao azeite de oliva, pela riqueza de cores, sabores e aromas que deram aos nossos bolinhos.
Não consigo mais parar de rir e isso me faz esquecer o excel, as planilhas, o óculos da natação, a tesoura matando meu indicador. Dá pra entender agora, por que eu quero me casar com ela?

8 comentários:

Rodrigo Borges disse...

Dá. É claro que dá. E não sei pq até agora este blog não estava no respeitável público do Circo. [www.estadodecirco.net]

Vivi disse...

Ai, que lindo. Claro que dá para entender. Senso de humor é primordial para uma relação saudável. Apesar do tom cômico, foi uma linda declaração. Muita sorte a da Senhora Ferdi! rs

M. disse...

Acho que já li umas 50 vezes esse post, ai, ai...que declaração! -- tão original, autêntica, engraçada, romântica...
Que a Pri não fique ciúmes, mas deveria haver mais Ferdis no mundo...

Ferdi disse...

Amigos, obrigado pelas manifestações... Fico lisonjeado de ter ganho um lugar na platéia do Circo, muito obrigado Rodrigo. Querida M., se você conversar uns dez minutinhos com a 'Senhora Ferdi' (adorei essa Vivi), vai descobrir que mais Ferdis só fariam tornar este mundo mais turrão e teimoso (rs).

simone barros disse...

Queridos, esse texto reflete muito bem a Pri e o Ferdi, que nasceram mesmo um para o outro! Bjs e saudades, Si

Jaqueline disse...

Conforme o pessoal ja escreveu aqui, que declaração de amor linda! :-) Na minha opiniao, vale muito mais do que muitos "eu te amo", "princesinha", "amor" etc etc etc que ouvimos por ai...

Mandou bem, Ferdi! E quanto a entender o por que do casorio, so tenho a perguntar: por que voces demoraram tanto? :-)

Celina disse...

Ahahahahaha, me matei de rir com esse post. Só hoje fiquei sabendo que tenho mais um outro blog para ler, já que a Sra. Ferdi resolveu abandonar A Casa da Lagoa e postar seus textos em um site para convidados - rs.
Só estou triste por não poder estar aí nesse momento tão legal, mas prometo que vou torcer por vocês lá do outro lado do oceano.

Ieda Passos disse...

Que bonitinho Ferdi!!! Será que um dia eu serei amada assim? Seja muito feliz, meu querido amigo!!!
Estarei ai no dia 16. Beijos.
Ieda Passos