segunda-feira, julho 16, 2007

Achincalhe oficial

Sabe aquela velha imagem que se faz dos taxistas, de que estão sempre prontos a ludibriar turistas desavisados nas grandes cidades do mundo? Aquela que piora quando a cidade em questão é o Rio, onde a categoria tem fama de enganar ainda mais os turistas desavisados? Pois é, a prefeitura da Cidade Maravilhosa, numa tentativa de acabar com as maledicências sobre os motoristas de praça, decidiu oficializar o achincalhe. Graças a um decreto do alcaíde, durante os Jogos Pan-Americanos os táxis estão autorizados a cobrar bandeira 2 a qualquer hora do dia, qualquer dia da semana. Afinal, a cidade está cheia de turistas e, como eles podem nunca voltar, o melhor é tirar o máximo deles agora. E, convenhamos, turista existe para ser tungado mesmo. Mas não se desespere. Pela tarifa em bandeira 2, o turista e todos os moradores da cidade que precisam do serviço serão transportados em desconfortáveis Santanas velhos e fedidos, com bancos puídos. Só no Rio de Janeiro mesmo...

6 comentários:

M. disse...

Por essas e outras, o Rio não consegue desenvolver seu potencial turístico...

Celina disse...

Meu Deus... Eu já dei muita risada com os taxistas do Rio, tem muita figuraça. E, infelizmente,também já passei medo com um malandro em véspera de Reveillón...

Don Rodrigone disse...

quando será que o Rio vai ser levar um pouquinho, só um pouquinho a sério? tinha tudo pra ser a mais turisticas das cidades... e consegue ser o único lugar no ocidente em que o paulistano médio tem medo de ir por causa do violência e malandragem... paulistano com medo disso! triste, né?

Vivi disse...

Em Salvador, táxi com ar condicionado é mais caro. Bm, pelo menos era assim da última vez que fui. Um calor desgraçado, vc pede para o taxista ligar o ar, e ele diz que como gasta mais combustível, com ar a corrida fica mais cara!

Celina disse...

Até tu, Ferdi?
Acabo de fazer minha habitual ronda nos blogs dos amigos e constatar que André, M. e Ferdi não postam nada há uma semana. Que pena!

julio disse...

ferdi,
pelo menos aí são só os taxistas. aqui em brasília a tunga é geral, e não estou falando da praça dos 3 poderes, não. é o setor de serviços mesmo. gastei 400 paus pra consertar um som e uma tv. os dois continuam quebrados e pra piorar meu som está na loja do picareta, que fica desligando o telefone na minha cara e inventando desculpa. praticamente um rapto, estou quase chamando a polícia.
(devo dar uma passada aí em setembro, bora tomar uma?